27 de set de 2011

In A Reverie (1999)

Com o belo vocal suave de Cristina Scabbia em contraste com os graves de Andrea Ferro e um instrumental incrível, o álbum de estreia do Lacuna Coil consegue aliar peso e polidez sonora de uma maneira surpreendente.

Lançamento: 8 de Junho de 1999
Gênero: Metal Sinfônico
Duração: 42 min 27 seg
Gravadora: Century Media
















Tem álbuns que você ouve uma vez e já nota que ele é genial. Tem outros que você precisa ouvir mais de uma vez pra perceber as minúcias técnicas que o tornam único. E tem outros que parecem misturar as características dos outros dois tipos citados anteriormente. Ou seja, você acha o álbum muito bom na primeira audição e quando você o ouve novamente repara em coisas que não havia percebido e que só tornam o álbum mais profundo artisticamente falando.

In A Reverie, disco da simpática banda do famigerado metal gótico Lacuna Coil (a minha preferida deste gênero, diga-se de passagem apesar de ter derrapado nos últimos álbuns) lançado em 1999 é um álbum desse tipo. Unir o peso do vocal de Andrea Ferro e do instrumental da banda com a voz doce da vocalista Cristina Scabbia (que é lindíssima, por sinal) em arranjos mais lentos que combinam perfeitamente com a proposta mais "gótica", por assim dizer, da banda mostrou-se uma decisão acertada da banda.

A profundidade do álbum também pode ser percebida na parte das letras. Elas tem assuntos variados e combinam com o clima mais melancólico do álbum. Clima esse que acabaria se perdendo ao longo dos álbuns (que passaram a ser mais parecidos com os do "Evanescence").

O fato é que é justamente a parte instrumental desse álbum que o diferencia tanto dos posteriores do Lacuna Coil, já que a voz da Cristina continua linda como sempre e  Andrea Ferro continua com seu vocal potente. Somente o esmero no instrumental acaba dando lugar a composições cada vez mais simples.

Músicas como a surpreendente "Veins Of Glass", "Circles", "My Wings", "Cold" e "Reverie" chegam a lembrar o doom metal, mas com um forte poder dramático criado principalmente pela parte instrumental que realmente é um dos maiores destaques do álbum. Destaque também pra guitarra que alterna entre as partes mais leves às mais pesadas com maestria.

In A Reverie é um ótimo álbum. Apesar de ser um álbum de estreia, consegue uma sonoridade muito coesa o que demonstra o talento do grupo italiano. Os destaques do álbum são "Veins Of Glass", "Cold" e "Reverie" que conseguem resumir perfeitamente a proposta do álbum.

Uma pena que o Lacuna Coil acabou saindo dessa proposta inicial, e mesmo da de Comalies, pois seria interessante ouvir a sonoridade desse álbum novamente em um disco futuro.

Nota: 9 *********

Nenhum comentário:

Postar um comentário