29 de set de 2011

Ailyn - Grammy

Hoje vamos falar da atual cantora do Sirenia, que em breve virá ao nosso país para algumas apresentações. Pillar Gimenéz Garcia conhecida também por Ailyn, começou sua carreira aos 15 anos em bandas de J-pop e J-rock como o Charm. 

Foi chamada para ser vocalista da banda Sirenia depois da saída da Dinamarquesa Monika Pedersen. Ela até hoje foi a única vocalista a sobreviver dois discos seguidos, já que o Sirenia é uma banda famosa por demitir suas cantoras, por melhor que sejam.

Aylin foi recebida com uma certa hostilidade a principio, mas depois foi bem acolhida como ficou evidente no show da banda em São Paulo. A cantora também é responsável por um certo aumento de popularidade da banda, acontecimento que também deve-se ao "amansamento" do som do Sirenia, que antes era bem mais ligado ao Heavy.

Os discos do Sirenia com Ailyn são perfeitos para convencer as pessoas de que Heavy Metal não é esse peso todo que as pessoas pensam, e ainda dá para mostra como o metal é ligado a música erudita.

As letras do Sirenia são sombrias e consideradas por alguns como góticas, coisa que não é verdade como evidenciado em um artigo do blog "Bíblia Do Rock", que mostrou para as pessoas que o "Gothic Metal" não existe.

Quase esqueci de dizer que Ailyn é uma cantora espanhola, afinal esse é o motivo dela estar ilustrando o meu trabalho. Na verdade ela canta bem mais em inglês do que em espanhol, mas aproveitei o fato dela ter feito uma versão de "This Darkness" em espanhol, para fazer esse trabalho, mas antes de dissecar a letra da banda, vai um vídeo:


Oscura Realidad

En mis tenebrosos sueños
Te sigo en la oscuridad
En mis tenebrosos sueños
La luz al fin me cegara

La oscura realidad
Quiere destruirme sin piedad
La inmensa oscuridad
Hace que me pierda una vez mas

En mis horas sombrias
Ya nuestro mundo se ha acabado
En mis horas sombrias
Veo una torre derrumbarse
La oscura realidad
Quiere destruirme sin piedad
La inmensa oscuridad
Hace que me pierda una vez mas
Hace que me pierda una vez mas
Hace que me pierda una vez mas

Nuestros frágiles muros
Puedo verlos caer
Nuestras almas sangraran
Por siempre en la oscuridad

La oscura realidad
Quiere destruirme sin piedad
La inmensa oscuridad
Hace que me pierda una vez mas

La oscura realidad
Quiere destruirme sin piedad
La inmensa oscuridad
Hace que me pierda una vez mas
Analise da Letra
1- "Oscura" atua como adjetivo caracterizando a palavra "Realidad"
2- "Nuestros" é um exemplo de  pronome possessivo
3- Verbos como "sigo", "hace", "destruirme"
4- Uso de Hipérbole em construções como "Nuestras almas sangran"
5- "Inmensa" atua como adverbio de intensidade na palavra "oscuridad"
Citações
"A través de los años, la agrupación se ha caracterizado por la involución en su sonido y estilo musical, así como por los continuos cambios en sus miembros integrantes, con Veland como único permanente."
"La entrada de su vocalista Ailyn produjo una gran estabilidad en la banda, lo que parece motivar que ella continuara con los noruegos, siendo la primera en casi diez años que repite en la grabación de un segundo álbum de estudio"

"La descarga del único sencillo y la canción con la que abre el álbum, titulada "'The End Of It All", fue lanzada el 21 de diciembre de 2010. El vídeo musical de promoción fue dado a conocer el 5 de enero de 2011 y ha sido dirigido por el reconocido director sueco Patric Ullaeus de Revolver Film Company, quien por segunda vez consecutiva colabora con Sirenia."

Nenhum comentário:

Postar um comentário