26 de abr de 2011

Wintersun (2004)

Banda: Wintersun
Estilo: Death Melódico
País: Finlândia
Lançamento: 13 de setembro de 2004

Wintersun, a lenda do MeloDeath finlandês, formada por Jari Maenpää (Ex-Ensiferum) após se recuperar de uma tuberculose e as gravações do segundo álbum do Ensiferum (Iron também de 2004) estarem terminadas.

01 – Beyond The Dark Sun
O álbum começa com a faixa mais curta e energética de todas, riffs ultra-rápidos e solos mais rápidos ainda, a letra até que é bem legal (da pra ver que eu não sei comentar letra néah XD) tem umas mudanças de ritmo mais pro meio e dá aquele ar de música que abre o show

02 – Winter Madness
Essa é a “principal” do cd, tanto que foi a faixa-título da demo da banda, começa rápida e pesada e se mantém assim, Jari faz um vocal fodástico durante os versos e da berros estratosféricos no refrão, impossível não escutar essa música sem gritar “WINTEEEEEEEEERRRR” pelo menos uma vez. A letra assim como a faixa anterior me lembra as letras da banda Immortal, falando sobre o inverno e escuridão e talz, as letras mais profundas vem mais pra frente. E novamente mais solos incríveis...

03 – Sleeping Stars
Uma “balada” (se é que se pode ter baladas no death metal), uma música mais melancólica, feita pra viajar mesmo, os riffs são bem melódicos que tem um contraste legal com o vocal mais “triste”, essa faixa não tem solo :( , a letra é bem legal e mostra um pouco da influência da filosofia sobre o Jari, a letra meio que narra uma história de um cara que por observar muito as estrelas acabou sendo hipnotizado por elas, e pelo menos pra mim ele morre e vira uma estrela, mas cada um tem sua visão do fim da história

04 – Battle Against Time
Essa resgata a energia da Winter Madness, começa com uma longa parte instrumental e vários “oh oh oh oh oh oh “ antes da quebradeira da bateria do Kai dar o sinal pro Jari berrar, a letra (pelo menos pra mim, não consigo interpretar essas coisas direito) é sobre ficar a vida inteira esperando por nada e de repente você resolve lutar contra o tempo perdido e caçar um objetivo tr00 com solos foderosos e headbangeando na neve.

05 – Death And The Healing
A minha favorita do album tem a parte instrumental mais longa de todas, e os melhores solos, os riffs e o andamento da música são bem melancólicos e tem a letra mais foda e filosófica de todas que é sem comentários... Como eu disse essa é a faixa com o instrumental mais longo com direito a violão e tudo, o refrão é muito show depois que você decora e canta junto com o coro e talz XD, é a única música sem gutural.

06 – Starchild
A música mais “épica” do cd, tem uma letra bem longa dividida em 5 atos que falam sobre o fenômeno da evolução e da criação, muito bem feita, o instrumental assim como das outras faixas é muito foda, porém não tem aquelas partes longas como das outras faixas, e a cada ato que se inicia o ritmo da música muda passando dos riffs acelerados a partes lenta até resgatar a energia do refrão lá pelo fim, Jari é o cara mesmo hein...

07 – Beautiful Death
Essa faixa tem a letra mais “sinistra” , foi inspirada no tempo em Jari quase morreu de tuberculose quando era mais novo, tem os refrões sem gutural bem legais, a melancolia é presente durante toda a musica tem um solinho com a guitarra limpa no final muito legal

08 – Sadness And Hate
A última faixa (menos se vc for do Japão, pois lá vc tem 3 faixas bônus que são a versão demo da faixa 01, 02 e 05), o clima melancólico fica mais nas letras do que no instrumental, que tem um pouquinho de folk (influências que Jari trouxe do Ensiferum) a letra é muito boa também, meio que se passa em estado pós-morte, é aquela faixa que deixa um gosto de “o que será que vem depois !?!?!?!?”

Fim das Contas: Wintersun é um clássico do Melodic Death/Death Metal, mesmo com uma produção de baixo custo eles capricharam no som, pra se ter noção a demo foi feita pelo Jari sozinho com uns programinhas do Baixaki que ele baixo no PC da Positivo e a qualidade da demo deu de 100 a zero em muita banda grande daquele tempo, Jari gravou todos os instrumentos sozinho menos a bateria que foi feita pelo Kai Hahto, quando a produtora viu que o bagulho era bom Jari (que ficou encarregado da guitarra solo/base e vocal) e Kai (que ficou na batera), chamaram Teemu (guitarra base/solo) e Jukka (baixo) pra completar a banda. Se você gosto isso é muito bom pois você vai começar a esperar pelo novo álbum (Time) agora, eu estou esperando o Time desde 2008, de acordo com Jari são problemas na mixagem mas tudo vai se resolver em breve...

Faixas:
1."Beyond the Dark Sun" 2:38
2."Winter Madness" 5:08
3."Sleeping Stars" 5:41
4."Battle Against Time" 7:03
5."Death and the Healing"  7:13
6."Starchild" 7:54
7."Beautiful Death" 8:16
8."Sadness and Hate" 10:16
(Todas as músicas foram compostas pelo Jari Maenpää)
Nota: 10,0

================================
Eae pessoal eu sou Arthur, novo membro do blog, vou fazer umas resenhas e ajudar no que eu puder aqui pro blog ficar mais Tr00 a cada dia, essa foi minha primeira resenha na vida então peguem leve mais comentem bastante !!! vlw

Nenhum comentário:

Postar um comentário